Garantia e controle de qualidade para serviços de pré-construção

July 10, 2017
Integrated Lean Project Delivery

Desafio do Projeto

A Entrega de Projeto Simples Integrado (ILPD) é uma forma arrojada e calculada de economizar dinheiro, otimizar resultados, reduzir desperdícios e aumentar a eficiência em todas as fases de design, fabricação e construção.

Um grande exemplo desse método é o projeto de modernização hospitalar de US$ 200 milhões. A equipe do projeto, liderada pela empreiteira Mortenson Construction of Chicago, Illinois, usa o método ILPD para compilar as etapas em uma unidade coesa. Essa estratégia resulta em uma forma mais holística e integrada de construir e ser ainda mais eficiente se todos aceitarem “a verdade absoluta” na medição do projeto.

Além das dificuldades habituais, o hospital não tem planos de fechar durante a modernização de três anos. Tim Schubert, gerente de Construção Integrada da Mortenson, com sua equipe e um pequeno grupo de subcontratados, deve concluir o projeto em 2017, preservando o grau de ruído do hospital e evitando infecções. Essa organização milimétrica provou ser um estudo de caso em execução e sincronização de construção.

Solução

Para alcançar essa precisão de medição, a Mortenson conta com um FARO® Focus3D X 330 Laser Scanner.

O FARO Laser Scanner, operado por Schubert e sua equipe, produz uma nuvem de pontos 3D que reproduz as condições de qualquer ambiente de construção. As digitalizações são responsáveis pelas medições de todo o projeto. A precisão extraordinária possibilita a instalação de cabines de banheiro pré-fabricadas e sistemas MEP, gerando mais economia de custo e tempo em uma reforma extremamente desafiadora.

O software FARO SCENE é essencial por disponibilizar os dados digitalizados e os chamados de nuvem de pontos para usuários de CAD ou de outros sistemas.

Para usuários de aplicativos de criação do sistema CAD, como Autodesk® AutoCAD® ou Revit®, o software FARO SCENE facilita a integração com a nuvem de pontos. “Ao desenhar um tubo ou dutos, eles estão na verdade traçando a nuvem de pontos do Software SCENE”, explica Schubert.

A integração com o software CAD é esperada. O que não esperávamos (e é incrível, enfatiza Schubert) é como uma solução patenteada de hospedagem em nuvem, o SCENE WebShare Cloud, permite a qualquer pessoa com um navegador acessar a digitalização a laser sem usar o software CAD. “Por isso o Software da FARO é fantástico. Qualquer pessoa pode fazer medições precisas usando o navegador.”

A grande vantagem é não depender mais da fita métrica para fazer medições. “É um ambiente hospitalar sensível. A equipe não pode entrar com os pés sujos de lama, espirar ou tossir e arriscar sofrer uma lesão em um local de trabalho intenso e perigoso. A WebShare Cloud oferece digitalizações a laser a qualquer pessoa, em qualquer lugar e a todo momento. Não há nada parecido”, declara Schubert.

Resultados/Retorno

A digitalização a laser elimina os problemas, as disputas e as retificações caras da medição tradicional. Schubert cita vários exemplos, como a concretagem:

Usamos os dados da digitalização nos pisos sobre fundação de metal. Usamos um plug-in de software de terceiros chamado Rithm para calcular o aplainamento (FF) e o nivelamento do piso (FL). Com o Rithm, também fizemos um trabalho de deflexão e curvatura do feixe luminoso.

Observamos que o concreto estava um pouco pesado, os mangotes começaram a desaparecer. Conseguimos quebrá-lo facilmente e continuamos dentro dos nossos padrões.” A digitalização a laser ajudou a cumprir as normas da ASTM E1155-14. Além disso, Schubert demorou apenas alguns minutos para calcular o FF/FL com precisão.

A economia de dinheiro também é considerável. “É um projeto muito complexo, com 21 fases. Pagamos aos contratados US$ 27 mil pelos serviços de pré-construção da fase inicial, isto é, teremos um gasto de quase US$ 600 mil em todas as 21 fases.

A digitalização a laser reduz esses gastos para apenas US$ 4 mil por fase. O proprietário economizou quase US$ 500 mil com a digitalização”, diz Schubert.

Schubert consegue idealizar um projeto de ILDP sem a digitalização a laser?

“Não, esse projeto teria sido um desastre sem ela. Para comprovar o fato, tentamos trabalhar em uma área sem usar a digitalização. Foi um caos. Todos nós juramos que não trabalharíamos mais em outras áreas sem antes fazer a digitalização.

Muitos subcontratados trabalharam pela primeira vez com dados digitalizados a laser. Acho que eles não vão querer outra coisa daqui em diante.

Esse projeto está mudando a visão das pessoas sobre os processos de construção”, afirma Schubert.

Produzido pelo Hanley Wood Strategic Marketing Services Group I sms.hanleywood.com

 

 
Artigo anterior
“O aumento e a difusão do conhecimento” na era digital
“O aumento e a difusão do conhecimento” na era digital

Há milhares de anos, e com a ajuda de várias ferramentas, os humanos fazem medições para documentar, analis...

Artigo seguinte
Como preservar patrimônios em risco com soluções digitais
Como preservar patrimônios em risco com soluções digitais

As empresas FARO e CyArk anunciam uma parceria que visa preservar patrimônios históricos para as próximas g...